16 janeiro 2008

A nova definição do marketing

Este artigo foi publicado por Gilberto Pavoni (Jornalista e Cool hunter) no seu blog Techboogie e reproduzido a seguir com a autorização do autor.

Prepare-se para ver os marqueteiros mais sintonizados com as mudanças da sociedade... pelo menos no discurso. A Associação Americana de Marketing (AMA - American Marketing Association) mudou a definição de Marketing:

Antes era
“Marketing is an organizational function and a set of processes for creating, communicating, and delivering value to customers and for managing customer relationships in ways that benefit the organization and its stakeholders.”
Agora fica
“Marketing is the activity, set of institutions, and processes for creating, communicating, delivering, and exchanging offerings that have value for customers, clients, partners, and society at large.”
Nota-se a retirada das palavras stakeholders. Contudo, ela está meio que subentendida lá nas entrelinhas. Com ela, foram-se para o limbo os termos organização e organizacional.
Assim, o conceito se distancia do mundo corporativo e parte para uma espécie de "ciência" -- a exclusão da palavra "managing" é exemplar nisso. Também, percebemos que a intenção é deixar o marketing mais como uma atividade do que uma função. Pode parecer uma besteirinha. Mas, com isso, cria-se um sentido de prontidão, já que o primeiro vem de "ação" e o segundo de "algo natural das pessoas".

Eu pessoalmente achei estranho limarem "relationship" e colocarem "exchanging offerings". Essa alteração tira muito do marketing de relacionamento e dá um aspecto mais mercantilista à coisa. Talvez seja sinal dos tempos de Web 2.0, onde tudo tem de ter retorno do investimento (ROI), tudo precisa mostrar o resultado na ponta do lápis. Parece ser uma espécie de prevenção contra possíveis bolhas especulativas e delirantes vindas da Internet e das novas mídias sociais.

A AMA faz essas alterações pelo menos a cada cinco anos e a mudança só é válida se 70% dos membros considerarem ela um avanço.

Bom para os cursos de uma forma geral, já que pela definção da associação, marketing precisa ser aprendido, sempre, ninguém nasce sabendo... ou tudo o que se sabe pode não ser suficiente. Precisa ver se as escolas estão ensinando tudo o que promoveu as mudanças feitas pela AMA.