12 novembro 2007

Novidade antiga

Karan Novas

A Parmalat volta à mídia após anos de crise e reestruturações. Depois de recuperada, sendo adquirida pelo grupo Laep (Latin America Equity Partners), a marca apostou na volta de seus famosos mamíferos para uma nova campanha publicitária, contando com um investimento total que ultrapassa os R$ 40 milhões. Com criação assinada pela Africa, o novo esforço de comunicação foi composto por comerciais, anúncio, mídia on-line e material de ponto-de-venda.

Mas é claro que não se trata apenas de um remake do antigo filme que emocionou muitos brasileiros em 1996, de co-criação do próprio Nizan Guanaes, ainda pela DM9. Nas novas peças, que dão ênfase ao crescimento da linha de produtos da Parmalat – colocando em destaque seus produtos Premium –, foram chamados os mesmos atores da antiga campanha, agora já bem mais crescidos. “Eles tomaram muito leite Parmalat desde aquela época”, brinca João Audi, presidente da Parmalat.

O comercial trouxe uma música bem semelhante à antiga, adaptada para o futuro em versos como “O elefante agora está grande” ou “O rinoceronte espichou com Parmalat”. Nele, os adolescentes tentam, obviamente sem sucesso, vestir as fantasias que usaram há 11 anos, além de assistir a si mesmos quando eram pequeninos. O novo filme foi lançado em 30 de agosto 2007, no intervalo do Jornal Nacional, da Rede Globo.

A peça de mídia impressa segue um conceito semelhante, trazendo, em página dupla, os personagens com partes das roupas de bichinho. O conceito principal utilizado em toda a comunicação é “Os mamíferos cresceram. A família de leites Parmalat também”, tendo algumas variações de acordo com a mídia ou sua aplicação. O material on-line será desenvolvido juntamente à Hello Interactive (também da holding Ypy) e apresentará o hotsite http://www.mamiferosparmalat.com.br/, além de outras peças.

A nova campanha deu maior ênfase aos lançamentos dos produtos Premium, que já correspondem a mais de 10% no portfolio de leites líquidos da marca e cerca de 15% em faturamento. “Mesmo fora da mídia por tanto tempo, a Parmalat continuou como uma das marcas mais respeitadas e conhecidas no segmento. Ela já é forte por si, e com essa nova comunicação podemos explorar o crescimento de suas opções, além do institucional”, pontua Nizan Guanaes, presidente da Africa. Audi completa informando que, em países como Itália, leites enriquecidos com qualquer substância compreendem 58% do mercado, o que mostra uma interessante perspectiva de crescimento da linha no Brasil.

Para deixar claro que não basta apenas reviver um clássico para se fazer uma boa comunicação, Oscar Ferreira, diretor de marketing da Africa complementa: “Não se deve requentar uma coisa velha e sim trazer a campanha para o tempo atual, aproveitar o conceito que ainda está na cabeça dos consumidores de uma maneira nova e mais interessante”. O resultado parece ter alcançado as expectativas de cliente e agência, além dos mamíferos que, tomando Parmalat ou não, parecem estar bem à vontade na Africa.



Primeiro Filme 1996




Novo Filme 2007




Outras marcas têm revivido seus clássicos, a Bombril com o Carlos Moreno, a Kaiser com o Baixinho. Assista entrevista da matéria em Portal da Propaganda .

Nenhum comentário: